Cuidados ao levar seu cão para passear em segurança

Criado por Letícia Castro em em 07/02/2014

cuidados-passeio-cao
Lola não sai de casa sem a coleira. O kit-passeio também inclui água mineral e saco plástico para recolher os dejetos

da Redação*

Especialistas em comportamento animal são unânimes em concordar: o passeio com o cão é tão fundamental quanto à higiene adequada e a boa alimentação! Mas para que o passeio não vire uma aventura sem fim, é fundamental que os responsáveis saibam que a coleira é um item essencial na hora do lazer. O motivo? A segurança para o pet e para os pedestres.

Para a médica veterinária do Hospital Veterinário Pró Vita Rhéa Cassuli Lima dos Santos, a coleira é uma grande aliada para se evitar atropelamentos. “Por mais que se eduque um cão, é importante lembrar que ele é como uma criança e pode se distrair ou agir por impulso caso algo lhe chame a atenção, sem se importar com ruas ou carros em movimento”, comenta Rhéa.

Quando os responsáveis decidem passear com o cão, é importante verificar qual tipo de coleira mais se adapta ao animal. A coleira deve proporcionar ao responsável o controle do animal, com conforto e segurança para ambos. “Existem vários tipos de coleira, cada uma com indicação própria para o estilo do cão e do responsável. É sempre importante observar ambos para escolher o modelo correto”, acrescenta a veterinária.

Para não errar na hora da escolha da coleira, ela deve ser condizente com o porte e a força do cão. Em cães pequenos, o mais adequado é utilizar modelos do tipo peitoral evitando o risco de puxões mais fortes causarem lesões na coluna ou traqueia.Para cães de grande porte ou com muita força, o ideal são as coleiras do tipo “enforcador”, que ajudam a conter o movimento do cão. Coleiras mais curtas são sempre mais seguras e ajudam a disciplinar o passeio (sem correr na frente). Segundo Rhéa, é importante observar a qualidade e resistência do cordão, das presilhas e dos mecanismos (coleiras que “esticam” tendem a estragar mais facilmente que coleiras simples).

A veterinária listou mais dicas para que o passeio seja a hora feliz do dia para o cão:

:: escolha bem os locais para passear;

:: evite locais muito movimentados, com passagem de veículos ou sem visibilidade;

:: evitar locais com cães errantes ou animais silvestres, para evitar o risco de contrair doenças;

::acostume o cão a passear, com disciplina e tranquilidade, para evitar problemas e tornar o exercício mais eficaz e saudável!

 

*Nota: A expressão “da Redação” aparecerá no BABEL.com sempre que indicar a republicação de matéria recebida através de assessoria de imprensa. O texto passará por revisão, antes de ser apresentado aos leitores deste blog. A editora também se reserva o direito de incluir quaisquer elementos que julgue  necessários para enriquecer a matéria.

Escreva um comentário


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 7

Warning: reset() expects parameter 1 to be array, string given in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 60