2012: O ano da virada

Criado por Letícia Castro em em 29/12/2012
Mais uma, né? Porque viradas, a gente dá a vida inteira. Assim espero.

A exemplo do que fiz no ano passado, vamos lá para a retrospectiva de 2012.


De janeiro a dezembro



Dos anos mais difíceis ever!. Em algum lugar, uma previsão já indicava: “2012 será marcado por grandes batalhas e grandes vitórias, que só acontecerão com muito esforço.” Nada seria fácil. Não foi e a luta estava apenas começando.


Talismã




Bem, se você acompanhou o mínimo do que compartilhei ao longo desse ano, sabe: esta bichinha é o anjo que habita minha casa e meu coração. Minha filhota linda e seus muitos lambeijinhos. Lola foi o welcome break de toda a loucura que marcou 2012. Era olhar para o lado e respirar ar puro de novo. Amo…




Força interior


“Por isso uma força me leva a cantar…”. Sabe quando você pega a vida pelos chifres, olha nos olhos dela e diz: “eu vou te dominar”? Sempre com a vontade e a permissão de Deus, aprendi que agir é premente. Faça, faça, faça, não espere. A receita é simples: você quer laranja, não plante jabuticaba. A terra não entende diferentemente. Dê, busque, vá atrás, lute, conquiste.





E, enquanto você faz tudo isso, acredite cegamente. Há uma expressão em inglês, geralmente traduzida de modo equivocado, que quer dizer muito mais do que seu sentido literal. “Leap of faith” é aquele salto sem rede de proteção. Mas, não é ao acaso, não é saltar “ao Deus dará”. É saltar justamente para as mãos de Deus. Colocar-se ali, expandir o coração e acreditar. Em 2013, desejo que você caia, despenque, sem proteção. Para dentro das mãos de Deus.


Expandir o coração


Ao longo de 2012, biscoitinhos da sorte me enviaram três recados pontuais“Você tem capacidade para ver a verdade maior”, “A persistência consegue realizar o impossível” e “Para fazer caber tudo, é preciso aumentar o coração”. Os dois primeiros me traziam verdades conhecidas, mas o terceiro foi inusitado. Expandi meu coração. Amei sem reservas a tudo e a todos. Fechei os olhos do julgamento. Simplesmente amei. Como meu Mestre.


Amor


E descobri, de volta, que o amor verdadeiro, de todos, sem reservas, estava me esperando. E ele foi se desfolhando, um a um, pessoa por pessoa, em direção a mim, enchendo meu coração e acabando com aquele fardo terrível da sede do encontro. Da necessidade da busca. Hoje tudo está aqui, em seu lugar.


O Alpha e o Ômega


Tanto tempo ao Seu lado e foi só em 2012 que aprendi a conversar com Ele. Talvez vocês não saibam, mas eu sou doida por Jesus. O cara é ele. É um sentimento tão pleno e tão maravilhoso que prescinde de palavras. E, quanto mais me aproximo das pessoas, mais percebo o quanto Ele habita em seus corações, até mesmo pela vontade que elas têm de tê-Lo ali. Sem você, meu Salvador, eu não teria chegado até este dezembro tão maravilhoso.

Quanto a conversar com Ele, quero compartilhar com vocês o que aprendi. “Ninguém vem ao Pai senão por mim”, disse Jesus. Mas, esta ariana teimosa fazia tudo errado. Eu pedia a Deus diretamente. E brigava com Ele o tempo todo. “Parece judia! Judeu é quem briga com Deus”, dizia minha querida Liana Gottlieb, ela mesma uma enviada do Céu na Terra. E foi então que a ficha caiu: “Pede para Jesus primeiro”. Tremi na base. E se Deus se melindrasse? Afinal de contas, Jesus é Filho como eu… Resolvi tentar. Eureka!

Agora, só entre nós, #ficaadica: peçam a Jesus primeiro, que Ele interceda junto ao Pai e digam-lhe que sabem que só Ele é capaz. E não se espantem se, em uma noite inesperada, Ele se revelar em sonho, tomar de suas mãos e fizer uma longa caminhada por uma praia ao seu lado, ensinando-lhes coisas das quais vocês não irão se lembrar ao acordar… 


A virada


Passos. Muitos passos. Milhões de passos. Passos resistentes, passos inseguros, passos determinados, passos rápidos… Corri. Aprendi a correr. Descobri que correr – isso mesmo, trocar passos velozes – faz a gente chegar mais rápido, retroceder o relógio, deter o tempo, congelar a ampulheta. O guarda-roupa se abriu inteiro. Tudo o que esperava inerte ali dentro, desconsolado, sem perspectiva, agora passeia largamente pelas ruas de São Paulo. Minhas roupas reviveram. Mas apenas as que escolhi chegaram até esse dezembro. E não será diferente a partir de agora.


O tempo


Fiz as pazes com ele. Descobri que tenho ansiedade, ou melhor, sofria de ansiedade. Antes, ela se manifestava através do meu ex-difícil gênio. Não sou mais difícil. Troquei ansiedade por serenidade. Mais uma lição do AMOR. O tempo já não me torna explosiva. O tempo já não me dá ataques de falta de ar. “Tempo” não mais será tatuado nas minhas costas, em cima de um dos pulmões, como prova de nossa batalha constante. Venci o tempo. Respiro, logo, controlo.


Idas e voltas


 

Minha maior lição de 2012: nada é definitivo. Acreditem, não há nada que não possa ser revertido. Para melhor, sempre. Absolutamente nada é para sempre. O que você quiser que fique, aja para tal. O que quer que você queira que vá, desapegue-se. E vá. Sempre em frente. O que é seu, volta.


Sem ilusões


Mas, não se iluda: a construção é eterna. É uma vigília constante. O que você conseguiu hoje pode se perder amanhã, se não prestar atenção. Guarda em riste. Cuide, mantenha, evite as armadilhas e sabotagens do cotidiano. Esteja alerta. Sempre.



Something in the way she moves… 



De 2013, o ano “em que a vida começa” pra mim, só espero conseguir reverter a dinâmica do meu compasso cronológico e ter um primeiro semestre tão maravilhoso como sempre costumam ser os meses a partir de agosto.

Senhor, graças ao teu Santo Nome por estes 12 meses. Únicos.

Um maravilhoso, inesquecível e excepcional 2013 a todos!

Beijos!

Comentários (10)
  1. Geraldo comentou, em 29/12/2012:

    Buenas guria, li atentamente, mas não sou de fazer retrospectivas, obedeço sempre o leito do rio e olho para frente, e apenas digo: 2012 foi muito bom, foi lutado, mas venci.

    Abraço e estamos juntos nesta grande aldeia global.

    Responder
  2. LETÍCIA CASTRO comentou, em 29/12/2012:

    Meu amigo querido, adorei! “Obedeço sempre o leito do rio e olho para frente”, sabedoria…

    Um beijo enorme a você e, com certeza, estamos juntos em 2013!

    Responder
  3. Claudia Bittencourt Caldas comentou, em 29/12/2012:

    Querida Lê,
    Nosso amigo Chaplin sabiamente disse, “a vida é maravilhosa se não se tem medo dela”…você soube entender e vivenciar esta dica simples e ao mesmo tempo tão difícil de ser praticada.
    Que o Ano Novo de 2013 seja um ano maravilhoso e transformador para todos nós.
    O abraço carinhoso e apertado vou lhe dar pessoalmente bonitinha…rs
    Beijocas procê!

    Responder
  4. Jorge Fortunato comentou, em 29/12/2012:

    Te aguardando para celebrar a virada numa terra quente!
    Beijocas

    Responder
    • LETÍCIA CASTRO comentou, em 29/12/2012:

      Estou indo preparada pra esse calor, meu amigo! Até daqui a pouquinho! Bj!

      Responder
  5. LETÍCIA CASTRO comentou, em 29/12/2012:

    Amén, minha querida! Para nós duas e aos que amamos também. Aj esse abraço vai ser uma emoção só! Beijos!

    Responder
  6. Alair Lála comentou, em 29/12/2012:

    Leticia vou conhecer você amanhã com Claudia e pelo pouco que li aqui, vamos ter muito pra trocar. Bem Vinda ao Rio de Janeiro a Janeiro.

    Responder
    • LETÍCIA CASTRO comentou, em 30/12/2012:

      Muito obrigada por suas palavras, Alair. Pelo que me conta nossa querida amiga em comum, será realmente um prazer conhecer você. :)
      Bjos e até daqui a pouco!

      Responder
  7. http://www.sears.com.co comentou, em 29/06/2013:

    Wow, wonderful blog layout! How long have you been blogging for? you make blogging look easy. The overall look of your site is great, as well as the content!

    Responder
  8. Pingback: BABEL.com » A melhor versão de você mesmo

  9. fitness and health comentou, em 11/10/2015:

    I made the decision that I will try it again .

    Responder

Escreva um comentário


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 7

Warning: reset() expects parameter 1 to be array, string given in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 60