Oscars 2010: Argentina leva mais uma vez Melhor Filme Estrangeiro

Criado por Letícia Castro em em 09/03/2010

Não, não foram sucessos como “Cidade de Deus” ou “Última Parada 174″ (veja a entrevista exclusiva do Babel com o diretor Bruno Barreto) que tiveram a honra de ganhar um prêmio Oscar na América do Sul. Nossas produções chegaram perto, bateram na trave, mas quem marcou o gol de placa mesmo, aliás duas vezes, foram eles: los temidos hermanos. Com “O Segredo dos Seus Olhos” (“El Secreto de Sus Ojos”, do diretor Juan José Campanella), a Argentina mais uma vez representa muito bem o continente e levou a estatueta de Melhor Filme Estrangeiro na noite do último domingo, 7.

O primeira produção argentina a ganhar o prêmio foi “A História Oficial” (1985), de Luis Puenzo, e “O Filho da Noiva”, também de Campanella, chegou à marca do pênalti, mas não emplacou. O diferencial dessa vez pode ter sido um pouco de lobby local, já que o diretor trabalha há algum tempo nos Estados Unidos, dirigindo episódios de séries famosas como Law & Order.

Especulações à parte, o importante é que “O Segredo dos Seus Olhos” mais uma vez renova as esperanças das produções locais e volta os olhos do mundo para as criações cinematográficas do continente, o que pode fomentar investimentos e parcerias nas próximas produções.

Aqui se fala português.
Comentários (4)
  1. Viviane Righi comentou, em 09/03/2010:

    Nossa, Lelê, o filme parece ser muito bom! A música do trailler é comovente e instigante…

    Não esperava que pudesse chamar tanta atenção: valerá a pena assistir, com certeza.

    Abraços!

    Responder
  2. Wander Veroni comentou, em 10/03/2010:

    Oi Lê!

    O filme argentino parece ser bem interessante. Vou procurá-lo para assistir. Só pelo trailler vemos que a trama promete…hehehe.

    Sem querer ser pessimista, mas sendo realista, achei muito difícil o Brasil ganhar um Oscar nesses dois últimos anos de produção cinematográfica.

    O único filme que acreditei que poderia ter concorrido a uma vaga foi “O ano em que meus pais saíram de férias”, pelo roteiro bem amarrado, mas infelizmente bateu na trave…rs.

    Espero que em 2010 o Brasil possa oferecer bons filmes ao público e, consequentemente, entrar na disputa pelo Oscar.

    Adorei seu post!!!

    Beijos :)

    Responder
  3. LETÍCIA CASTRO comentou, em 10/03/2010:

    Compadre e comadre queridos,

    Fico muito feliz com o comentário de vcs e preciso sim agradecer sempre tê-los por perto. ;)

    Comadre, é verdade, tem todos os elementos para ser uma história instigante sim. Ainda não o vi, mas dessa semana não passa!

    Compadre, concordo com vc e acho que, na verdade, ainda somos fraquinhos de lobby nessa questão. Sabe o concurso de Miss Universo em que roubaram o título da bela mineirinha? Pois é, LOBBY! hehehe Dá uma raiva… Mas não desmereço a produção argentina, pois sou fã dos filmes portenhos e tiro o chapéu para a conquista. Eu gosto muito do Darín, o protagonista e o Oscar foi merecido.

    Beijocas especiais para os dois!

    Responder
  4. Tomé Ferreira comentou, em 19/03/2010:

    Com certeza o Lobby deu uma forcinha, não só neste caso, mas também em alguns filmes da própria América do Norte.
    Nem sempre vence o melhor!
    Verei se acho para conferir.

    Forte abraço!

    Responder

Escreva um comentário


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 7

Warning: reset() expects parameter 1 to be array, string given in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 60