Por que o seu animal de estimação deve ser vacinado?

Criado por Letícia Castro em em 16/02/2014

vacina-pet

da Redação

Quem tem um pet não deve pensar duas vezes sobre os cuidados com a saúde do amigão: a vacinação é um item fundamental para o bom desenvolvimento do seu bichinho. Elas previnem várias doenças infectocontagiosas que infelizmente são muito comuns e podem levar ao óbito.

Segundo a médica veterinária do Hospital Veterinário Pró Vita Rhéa Cassuli Lima dos Santos, os filhotes e os animais idosos são os mais vulneráveis às doenças, e não há por que temer as aplicações. “As vacinas são aplicações rápidas e indolores que podem evitar doenças bastante graves e difíceis de tratar”, explica.

As doenças mais comuns que podem acometer os bichinhos, no caso dos cães, são a cinomose, a parvovirose, a leptospirose, a coronavirose, a hepatite infecciosa, adenovírus e parainfluenza. Para os gatos, as vacinas podem prevenir a calicevirose, a rinotraqueíte, a panleucopenia e a clamidiose dos felinos.

Em alguns casos raros podem ocorrer efeitos colaterais. A reação é alérgica, e não há como prevê-la. Segundo a veterinária, “a incidência de reação alérgica (com ou sem o choque anafilático) é muito menor quando se usa boas vacinas, de uso exclusivo de médicos veterinários, e quando é feita uma avaliação meticulosa do paciente que irá recebê-la”. As vacinações precisam ser feitas periodicamente, seguindo o protocolo próprio de cada vacina para filhotes ou adultos.

Atenção, também, para os vermífugos. Eles devem ser feitos a cada três meses, mas é preciso ficar atento aos sinais de infestação por vermes, principalmente em animais que têm contato com outros animais mesmo que pelo portão, que têm acesso à rua ou frequentam parques. “Filhotes e cães idosos podem ser os mais afetados, podendo até mesmo falecer em casos mais graves”, resume Rhéa.

Vacinação nas viagens

Para quem está planejando viajar com o pet, é importante checar as vacinas. A vacinação deve estar em dia. Alguns destinos, principalmente regiões mais quentes, são regiões endêmicas de certas doenças muito sérias que necessitam de vacinação especial.

Muito importante também é a aplicação de produtos que previnem contra pulgas e carrapatos, que podem ser vetores de doenças graves. Esses cuidados não estão restritos ao verão, porém a incidência destes parasitas é maior no clima quente. O uso de vermífugos periodicamente também é necessário.

Comentários (2)
  1. Ródrio comentou, em 16/02/2014:

    É…saúde do bicho e das pessoas. Prevenção ainda é o melhor remédio. Valeu, Letícia. Boa semana.

    Responder

Escreva um comentário


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 7

Warning: reset() expects parameter 1 to be array, string given in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 60