Trio de rock Barra Funda Fighters lança EP de estreia

Criado por Letícia Castro em em 30/05/2014

bff2

Por Ana Alice Vercesi

Eles trocaram um possível vocalista por um Game Boy e não se arrependeram. O trio Barra Funda Fighters lança seu EP homônimo de estreia e mostra as infinitas possibilidades de um bom rock and roll instrumental. Opa, eu disse “instrumental”? Exato. Mas não se prenda, caro leitor/ouvinte, à mentalidade tacanha de Homo sapiens, acostumado a reconhecer os gritos guturais de nossos semelhantes em nossas danças na fogueira das vaidades musicais. A banda aposta em um novo estágio de existência, o Homo ludens. E, se você estiver disposto a brincar e se divertir, aperte o play.

bffA música que carrega o nome do trio abre o CD e explode os sentidos feito uma partida saudosa de River Raid (entreguei a idade agora?).  “Estágio Lunar”, a segunda faixa, sentencia a boa costura entre a guitarra timbrada de Bernardo Santana, o baixo-falante de Marco Souza e as batidas crocantes das baquetas de Vinícius Kahan. “Skatopia”, como o nome diz, revela um pouco das influências da trupe, que também ficam nítidas no rock puxado para o stoner de “União Soviética II”.  E a “Faixa Um”, que fecha (pois é) os trabalhos, transporta o ouvinte para uma sala de cinema, com a sensação de que se acabou de ver um daqueles blockbusters de adaptação de alguma história em quadrinhos, com os letreiros subindo e parte dos ávidos fãs à espera da cena escondida depois dos letreiros finais.

Com cerca de quatro anos de existência, o trio já é figura conhecida no circuito independente da paulista, seja na capital ou  no interior, com presença constante  em recantos como Livraria da Esquina e Cerveja Azul, além de shows em festivais como Fusa Records e Pulp Nano Fest. E fez a lição de casa direitinho, investindo em demos experimentais que foram desfrutadas e apuradas ao longo da história do grupo. Agora, disponibilizam uma gravação consolidada, produzida por Niper Boaventura, com mixagem de ninguém menos que Lampadinha, responsável por trabalhos com uma lista gigante de artistas.

Vale destacar o trabalho de design do encarte, criado por Marco Souza, que pode explicar melhor do que qualquer definição de onde vem o curioso nome da banda. Quem quiser conferir o trabalho dos Fighters e outras peculiaridades dessa história toda pode acessar aqui.

Escreva um comentário


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 7

Warning: reset() expects parameter 1 to be array, string given in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 60