Silvia Machete: humor, circo e música de primeira

Criado por Letícia Castro em em 21/01/2009

Divertida, debochada, linda e mega talentosa. Assim é a carioca Silvia Machete, 32, que, como tantos talentos brasileiros espalhados pelo mundo, precisou ralar muito lá fora para ser reconhecida em seu próprio país. Silvia já está na estrada há um bom tempo e passou dez anos rodando mais de 30 países na Europa fazendo números circenses, muitas vezes na rua, e shows musicais onde mistura as performances do circo. Aliás, a vida no picadeiro foi a razão para que a cantora, que também é excelente compositora, abandonasse o Rio e caísse na vida. Literalmente, mergulhando no trapézio, além de outras loucuras acrobáticas e malabarísticas.

“Simplesmente mulher”, novo trabalho da compositora

Silvia leva tudo isso para o palco. Toca o violão, canta divinamente seus arranjos MPB e bossa nova, enquanto roda vários bambolês pelo corpo. Geralmente trajando um vestidinho vermelho de melindrosa com uma pomba na cabeça. Interage com o público o tempo todo contando piadas e confessa que está cansada, no final do show, “afinal, nem todo mundo é a Ivete”, diz irreverente.

Morando em Nova York há sete anos, onde se apresenta regularmente no East Village, bairro artístico e boêmio da Big Apple, Silvia voltou ao Rio em 2006 para gravar o primeiro CD, “Bomb of Love– Música Safada para Corações Apaixonados”. Esteve mais uma vez no Brasil em 2008 para divulgar seu trabalho e produzir o DVD “Eu Não Sou Nenhuma Santa”, dirigido por Roberto de Oliveira, responsável por produções de Chico Buarque e Rita Lee. A cantora também se cerca de músicos de peso para fazer valer o talento incontestável. Acompanham-na o baterista Rafael Rocha que toca com Adriana Calcanhotto, o trombonista Roberto Silva (ex-Chico Buarque) e o percussionista Marcelo Callado e o pianista Ricardo Dias Gomes, da banda de Caetano Veloso . O repertório, além de composições próprias, também traz criações de Erasmo Carlos. Para quem ainda não tinha ouvido falar de Silvia, o Babel sugere “Eu só quero saber de você” e “Simplesmente mulher”, de sua autoria. Visite também o site oficial da cantora e conheça mais sobre o seu trabalho.

Fotos: divulgação

Aqui se fala português
Comentários (23)
  1. Ligia Gally comentou, em 21/01/2009:

    Lele,

    To super entediada no trabalho.Ainda bem que tenho sua pagina como tabua de salvacao.
    Adorei a musica. Adoro MPB.Adoro sua pagina.

    –)))

    Lili.

    Responder
  2. Rozangela comentou, em 21/01/2009:

    Não conhecia essa cantora. Essa musiquinha dela é boazinha. Meu gosto musical é extremamente diferente, porém, música ( boa, claro) é sempre bem vinda em meus ouvidos.
    Ah, não sei se vc ganhou o selo do PRÊMIO DARDOS. Se vc não tem, vai lá no: http://www.cgfilmes.blogspot.com/
    e pega p/ vc, podemos indicar alguns blogs e teríamos prazer que um dos indicados, fosse o seu.Vc sabe como funciona, né? É como uma corrente, vc ganha e indica outros. Passa lá.
    Beijinhos!!!

    Responder
  3. Abner Moreira comentou, em 21/01/2009:

    Olá Letícia! Primeirament, muito obrigado pelo seu comentário no meu blog!

    Devo confessar que nunca tinha ouvido falar da Silvia, o que não deixa de ser uma pena, pois ela canta muitíssimo bem. Voz linda.

    Parabéns pelo blog e pela inteligência. Afinal, falar tantas línguas assim não é pra qualquer um, rs.

    beijão ;*

    http://www.abnisland.blogspot.com

    Responder
  4. Fernando Leroy comentou, em 22/01/2009:

    Oi Letícia, ótimo post e que bom saber que talentos com esse são valorizados aqui. E o assunto sobre a mudança na língua portuguesa, tem novidades? Abraços!

    Responder
  5. Juan Trasmonte comentou, em 22/01/2009:

    Legal essa dica, companheira. Não conhecia Silvia, e olha que eu recebo pelo trabalho informações e mostras de novos discos o tempo todo. Como é maravilhoso de cantoras esse Brasil.
    Beijos

    Responder
  6. Milouska comentou, em 22/01/2009:

    Olá, Letícia!

    Gostei muito deste post. Na verdade nunca tinha ouvido falar desta artista, mas pela amostra, vale muito a pena ouvi-la.
    Um beijão,

    Milouska

    Responder
  7. jorge fortunato comentou, em 22/01/2009:

    Oi Lê
    Surpresa boa conhecer a Silvia Machete, gostei da menina, cheia de suingue…mas como acontece com muitos artistas tem que sair de casa e batalhar, ser reconhecida fora e depois estourar aqui. Sucesso pra Silvia.
    Bjs

    Responder
  8. Nat Valarini comentou, em 22/01/2009:

    Boa tarde Letícia!

    Hummm… já vi que ficar longe do BABEL.COM por muito tempo é prejuízo na certa, hein?

    rs…

    Confesso que é a primeira vez que eu ouço a oz (deliciosa e marcante) da Silvia.

    Você como sempre, trouxe uma postagem de alto nível com qualidade de conteúdo indiscutível!

    Sucesso sempre a vc e ao BABEL.

    Kiso
    =*

    http://garotapendurada.blogspot.com/

    Responder
  9. Marcelo comentou, em 22/01/2009:

    Não a conhecia. Que delícia de voz… bem bossa, bem Brasil. Lembra-me o estilo da Silvinha Teles, mas só que remixado..
    Muito bom.
    Abraços

    Marcelo

    Responder
  10. blogdocatarino.com comentou, em 22/01/2009:

    Muitas pessoas com muito talento demoram para conseguir seu lugar e outros com bastante propaganda vão sobrevivendo mesmo sem talento.
    Parabéns por divulgar esta grande artista.

    Responder
  11. dudalak comentou, em 22/01/2009:

    Oie, sinto muito mas não li o post, mas é que eu passei aqui pq te indiquei um selo passe no meu blog pra conferir ;)

    Responder
  12. Daniel Leite comentou, em 23/01/2009:

    Olá, Letícia, bom dia!

    Silvia, a quem acabo de conhecer, fez-me lembrar de Roberto Trevisan, um outro cantor brasileiro que “se virou” em NY. Neste caso, cantando forró paralelamente aos seus empreendimentos.

    Claro, não tem muito a ver. Afinal, a Silvia é uma artista completa, que, pelo visto, faz qualquer coisa muito bem.

    Mesmo assim, trata-se de mais um exemplo de artistas Made in BraSil, totalmente desconhecidos por aqui, que arrebentam nos palcos internacionais. Agora, enfim, acho que ela ganhará mais espaço – nesse sentido, parabéns ao Babel!

    E isso acontece em todos os âmbitos. O futebol pode ilustrar. Amauri, aos 28 anos, foi apresentado à maioria dos brasileiros durante os últimos meses, especialmente depois que assinou com a Juventus, de Turim. Agora, o atacante de Carapicuíba já é um nome muito comentado em nível de Seleção Brasileira.

    Bem, acho que forcei a comparação, rs.

    Beijos!

    Responder
  13. carla m. comentou, em 23/01/2009:

    comadre, abri férias forçadas.

    mas sigo no msn, bem pouquinho, só pra matar as saudades.

    beijocas

    Responder
  14. LUCAS DE OLIVEIRA comentou, em 23/01/2009:

    Eu nunca tinha ouvido alguma música dela…
    E não é que gostei da Silvia???

    Muito bom!

    bjo, Leticia!

    Lucas de Oliveira
    Jornal do Blog
    O Renegado

    Responder
  15. Victor Signorelli comentou, em 23/01/2009:

    Maneiro =D
    curti!

    Responder
  16. Joker comentou, em 23/01/2009:

    Mt legal! adorei!! parabens!

    Visite http://jokers.mimhospeda.com/

    Responder
  17. Lucas Fernandes comentou, em 23/01/2009:

    Oi Lê,

    Concordo com a Nat. Ficar longe do Babel é um prejuízo irreparável. Então, vim recuperar o tempo perdido.

    Não conhecia a Silvia Machete, mais um talento que demonstrou seu potencial fora, para depois ter valor para os brasileiros.

    Pegando um exemplo, Tom Jobim, o maestro Tom. Ele é mais reconhecido lá fora, que aqui no país. E olha que a Bossa ainda teve um período de grande influência na música nacional.

    O Daniel citou muito bem o Amauri. Mas podemos elevar ainda mais a lista, com os nomes dos luso-brasileiros Deco e Pepe, e ainda Francis Hime, que se fez músico na Suíça.

    Beijos.

    Responder
  18. Fábio Flora comentou, em 23/01/2009:

    Não conhecia a Silvia não. A canção que toca quando abrimos o blog é bem agradável. Valeu pela dica! Abraços e sucesso com o blog!

    Responder
  19. Josiane comentou, em 23/01/2009:

    Oi! Obrigada pela visita :)
    O layout não é meu, encontrei no btemplates.com, até que eu faça um novo vou pegando os lindos que tem por lá! Meu blog já tenho há muito tempo, como você vai ver pelo Archive… mas parei por um bom tempo de escrever e agora pretendo retomar com força total, todo o tempo que o Chris, o trabalho, o marido e a casa me deixarem disponível hehehe!
    Muito boa sua dica, vou visitar o site da cantora pra conhecer mais sobre seu trabalho.
    Bjoss

    Responder
  20. Antonoly comentou, em 24/01/2009:

    Oi Letícia, já acompanho o seu blog a um certo tempo e posso afirmar que é um dos melhores da Blogosfera nacional, gosto muito.
    Você aceita uma parceria de link?
    Vou aguardar a sua resposta.
    Beijos!

    http://www.ahwebne.blogspot.com

    Responder
  21. Pronuc comentou, em 25/01/2009:

    Fantástica !!! Achei super diferente, e interessante , que presença de palco e confiança!! …..Muitos anos de experiência…..

    Responder
  22. Wander Veroni comentou, em 25/01/2009:

    Oi, Lê!

    Que delícia ouvir e ver a Silvia aqui no Babel. Já a tinha escutado algumas vezes aqui em BH, só que na rádio Inconfidência, que vez ou outra, nos dá de presente esses achados. Ver a Silvia e conhecer um pouco mais o trabalho dela foi algo muito bacana. Lê, se vc morasse aqui em BH, vc ia AMAR a Inconfidência – só o melhor do melhor da música popular brasileira, tanto dos novos e velhos talentos.

    Beijos,

    =]
    ————-
    http://cafecomnoticias.blogspot.com

    Responder
  23. Juliana Correia comentou, em 31/01/2009:

    Adorei! Não conhecia, obrigada por me possibilitar conhecer!!

    Responder

Deixe uma resposta para Abner Moreira Cancelar resposta


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 7

Warning: reset() expects parameter 1 to be array, string given in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 60