Quase um século de samba e carnaval

Criado por Letícia Castro em em 15/06/2008
O jambolão ou jamelão (Syzygium jambolanum) é o fruto de árvores robustas que podem alcançar dez metros de altura. A coloração dos frutos, arroxeada, deixa sua mancha por onde passa, indelével. Seu sabor, apesar de adstringente, é agradável ao paladar. Descrever a fruta que o representa é simbolizar ao próprio Jamelão, cuja voz marcante, potente e prazerosa, aliada à língua ferina, teve as raízes ceifadas neste sábado, aos 95 anos, depois de lutar contra problemas de saúde que o afligiam já há algum tempo. Diabético e hipertenso, o cantor finalmente sucumbiu na madrugada de ontem e morreu por falência múltipla dos órgãos. Segundo Chico Buarque, “Jamelão era o melhor mau humor do Brasil”.

De infância pobre, José Bispo Clementino dos Santos nasceu em 12 de maio de 1913, em São Cristóvão, no Rio de Janeiro. Para ajudar a família, começou a trabalhar de engraxate, até que, aos 15 anos, já tocando o cavaquinho e com certo prestígio em bairros da periferia carioca, conheceu o sambista Lauro Gradim (autor de “Matriz e Filial”, imortal em sua voz) que o levou para a Mangueira. Foi amor à primeira vista. Incorporado à bateria da escola, Jamelão não tinha pretensões artísticas e dizia que ia para a avenida tocar tamborim e paquerar as meninas. Logo, começou a participar das famosas rodas de samba da Praça Onze, sempre com a presença da polícia no final, tentou a sorte em um programa de calouros na Rádio Ipanema, de onde saiu gongado, até que conseguiu seu primeiro contrato, dois anos depois, com a gravadora Continental. De lá passou para a Rádio Tupi, viajou com Assis Chateaubriand para a França como crooner da Orquestra Tabajara (onde ficaria por anos) para cantar em um castelo e gravou inúmeros sucessos de compositores renomados, como Zé Keti, Ari Barroso e Lupcínio Rodrigues. Foi com o compositor gaúcho que ficou imortalizado em 1959 com o sucesso “Ela disse-me assim”, cuja letra fala de um amor proibido e do flagrante do suposto marido traído. O tema, aliás, rendeu-lhe o apelido de um dos maiores cantores de músicas de “dor-de-cotovelo”, ao que ele retrucava dizendo que as músicas eram todas de “cantor romântico”.

Desde 1949, era o puxador de samba oficial da Estação Primeira de Mangueira. “Puxador de samba, não, puxador é quem fuma maconha ou rouba carro. Eu sou intérprete.”, dizia ele. Em 1990, chegou a anunciar na Praça da Apoteose que estava encerrando seu trabalho como intérprete de samba-enredo, devido as complicações com a pressão arterial que começavam a atormentá-lo. No ano seguinte, voltaria e continuaria a abrilhantar o carnaval do Rio até 2006.

O corpo de Jamelão foi velado na quadra da Mangueira desde as 18:00h do sábado. Deixou o local, em carro de bombeiros, às 10:30h deste domingo, para percorrer as ruas da capital carioca, acompanhado por fãs, amigos e companheiros da comunidade mangueirense que alugou dois ônibus para acompanhar o cortejo – Jamelão também era o presidente de honra da agremiação. O carro passou pelo Maracanã e pelo Sambódromo, até chegar ao cemitério do Caju, na zona norte do Rio, onde o cantor foi enterrado pouco antes do meio-dia. Jamelão deixa viúva, filha, netos e todo o samba órfão de seu talento.

Fotos: divulgação Folha de São Paulo


Aqui se fala português

Comentários (19)
  1. Carolina Robortella comentou, em 15/06/2008:

    Vai com Deus, amigo. Vai ter samba no céu!!!

    E aí colega jornalística-idiomas? rs… dando o ar da graça!

    Boa semana pra vc. Beijos!!

    Responder
  2. Marcelo França comentou, em 16/06/2008:

    Oi Letícia, sobre as montagens em meu blog (Inspiração de grandes marcas) não fui eu quem fez não, recebi por e-mail de um amigo e postei.

    Beijo!
    Marcelo França

    Responder
  3. SILVIA comentou, em 16/06/2008:

    Oi minha filhota,

    Me sinto um pouco orfã também, pois desde que comecei a entender o que era música de verdade, cantada com alma, com amor, um dos nomes que aprendi a respeitar foi o de Jamelão. Apesar de ser mau humorado, muitas vezes grosseiro com as pessoas, quando abria a boca para cantar, tudo o mais ficava esquecido. Sempre vou me lembrar, das inúmeras vezes que eu e seu pai dançamos ao som dessa voz maravilhosa que a morte infelizmente silenciou. Que ele encontre o descanso merecido nos braços de Jesus. Parabéns pela lembrança querida, pois apesar dele não ser do seu tempo, você também aprendeu a respeitá-lo como cantor.
    Amo você de coração.

    beijos
    su mamita

    Responder
  4. Mente Inquieta comentou, em 17/06/2008:

    Samba quando vens aos meus ouvidos
    embriaga os meus sentidos
    trazes inspiração
    a dolência que possuis na estrutura
    é uma sedução
    vai alegrar o coração daquela criatura
    que com certeza está sofrendo de paixão

    Apoteose Ao Samba
    INTERPRETE: JAMELÃO
    ——————————->

    Interprete dos apaixonados por samba e dos que sofriam por paixão.

    Deixa alegria, simplicidade e emoção.

    Coerência Contraditória
    …em busca de respostas através do conhecimento…
    http://coerenciacontraditoria.blogspot.com

    Responder
  5. Arnaldo Reis Trindade comentou, em 17/06/2008:

    Sem muitas palavras pra descrever esse ser humano que foi nosso querido Jamelão, felizmente ele agora irá fazer samba no céu pelo menos podemos dizer que esse grande homem descansou.

    Parabens pelo post amiga.

    Beijos e obrigado pelo carinho.

    Responder
  6. Mijei comentou, em 17/06/2008:

    E o Brasil fica Orfão de mas uma grande pessoa!

    nem tem muito o que falra, o texto já diz tudo

    abraços

    Mijei de Rir – Alegria e diversão!

    Responder
  7. jose.maffei comentou, em 17/06/2008:

    Um grande intérprete, com uma imensa voz. Ajudou a fazer da Mangueira o nome mais lembrado quando se fala em escola de samba.

    Responder
  8. 'Ewertoon comentou, em 17/06/2008:

    Não sou fã de samba, mas aprecio esses sambas de raiz, que realmente têm algum valor. Digamos que o país perdeu uma grande pessoa, e como alguém aí em cima disse, vai ter samba no céu!

    http://peidaesaipoeira.blogspot.com
    O peio mais poeirento da blogosfera!

    Responder
  9. Amanda Guerra comentou, em 17/06/2008:

    Fiquei triste. Mais triste ainda vendo aquelas pessoas todascantando Exaltação a Mangueira e chorando no enterro dele.

    Mas o legado fica,e bola pra frente!

    abraços

    Responder
  10. Lincoln comentou, em 17/06/2008:

    Uma coisa é certa todas as escolas de Samba perderam com a ida dele, e pouco se aprendeu com que ele fez.

    http://www.espiainda.blogspot.com

    Responder
  11. Delírios da Del comentou, em 17/06/2008:

    Para ser sincera não sei que é… Mas gostei bastante do texto, mesmo desconhecendo o homenageado.

    :D

    Responder
  12. Jorjão comentou, em 17/06/2008:

    ola, tb falei do jamelão no meu blog, veja la depois
    brilhante texto
    bjao a vc

    Responder
  13. Anonymous comentou, em 17/06/2008:

    Jamelão, grande homem, mesmo nao sendo muito ligado a carnavais, e muito menos a mangueira (ui) shauashuah sei o que esse homem foi, vai com Deus

    abraços
    http://blogaragem.blogspot.com

    Responder
  14. Lucas comentou, em 17/06/2008:

    O samba de antigamente era uma obra-prima de arte. Hoje, poucos sambas tem realmente algo “artistico” envolvido.

    http://sex-cappuccino.blogspot.com/

    Responder
  15. Flá Absolut comentou, em 17/06/2008:

    Eu tinha postado sobre a perda dessa ilustre pessoa!!!!!

    gostei do post, e do blog

    Responder
  16. Marcelo comentou, em 18/06/2008:

    Legal foi ele se referindo ao Clinton quando esteve na Mangueira: “o Presidente americano ficou igual a pinto no lixo”… Ah.. Jamelão, que metáfora!

    Responder
  17. Donizete comentou, em 19/06/2008:

    O país precisa aprender a valorizar os gandes ídolos da música. Jamelão representa o samba raíz que tanto engrandece nossoa música.

    Responder
  18. e-evil comentou, em 20/06/2008:

    Eu adorava qdo ele dizia que não era puxador.

    Responder
  19. Luciano comentou, em 20/06/2008:

    Para vc ver, no carnaval do Rio de Janeiro eu sempre fui Beija-Flor, mas não havia voz melhor que a desse grande intérprete.
    Como alguns dizem: o céu deve estar uma festa agora!
    bjs

    Responder

Escreva um comentário


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 7

Warning: reset() expects parameter 1 to be array, string given in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 60