Série Jornalismo Literário por Matinas Suzuki: O New Journalism – Parte 4

Criado por Letícia Castro em em 28/12/2010
 

Esta semana, na parte 4 e última da série “Jornalismo Literário por Matinas Suzuki“, o jornalista fala sobre o New Journalism ou o Novo Jornalismo, que revolucionou a escrita jornalística nos anos 60.Autores como Gay Talese e Tom Wolfe deram vida ao estilo que só foi possível, segundo Matinas, devido à época em que eclodiu.

Temas como a Guerra do Vietnã e o polêmico comportamento de Mohammed Ali permitiram uma proliferação de reportagens que rasgaram o verbo em toda sua literalidade, abusando de linguagens não tradicionais seja para os padrões jornalísticos, seja para os moldes da escrita literária como um todo. Veja um exemplo:“Sinatra estava trabalhando em um filme que ele mesmo não gostava, ele mal podia esperar que acabasse. Ele estava cansado de toda publicidade em torno de seu namoro com Mia Farrow, de 20 anos, que não estava à vista esta noite, ele estava bravo que um documentário sobre a sua vida da CBS, a ser exibido em duas semanas, estava entrando demais em sua privacidade, até mesmo especulando sobre sua suposta amizade com os líderes da máfia; ele estava preocupado com sua apresentação de uma hora na NBC, com o show intitulado Sinatra – A Man and his Music, no qual iria cantar dezoito musicas com uma voz que, nesse momento, apenas a algumas noites da estréia, estava fraca e incerta. Sinatra estava doente. (…) Frank Sinatra está resfriado”.

No trecho acima, extraído do famoso perfil “Frank Sinatra está resfriado”, escrito por Gay Talese em 1965, está uma das características clássicas do New Journalism, o ponto de vista da terceira pessoa, onde o jornalista narra a cena de acordo com a sua própria percepção e conclusões. Outros traços do gênero incluem: uso do diálogo, detalhamento do status de vida dos personagens da reportagem e a construção cena a cena da situação. Aqui está o original em inglês do texto de Talese na íntegra, se você quiser conferir a versão completa.

Assista agora o vídeo completo de Matinas Suzuki explicando as origens do New Journalism, como se deu no mundo e no Brasil e no final, dicas de textos e livros para você ir completando a sua coleção.

 

 

E se você perdeu algum dos textos sobre jornalismo literário, com Matinas Suzuki“, aqui está toda a série para você não perder a coleção completa:


Jornalismo Literário: Matinas Suzuki conta a história do gênero em série exclusiva para o BABEL.com


Série Jornalismo Literário por Matinas Suzuki: De 1850 até a virada do século 20 – A consolidação do gênero – Parte 2


Série Jornalismo Literário por Matinas Suzuki: A primeira metade do século 20 e as grandes publicações – Parte 3


Série Jornalismo Literário por Matinas Suzuki: O New Journalism – Parte 4

Ei, você!

Quer ficar por dentro de tudo o que rola aqui no Babel? Siga-me no Twitter! Se quiser, também podemos ser amigos no Facebook! Eu vou adorar!

Ah, a sua praia é o vídeo? Então, inscreva-se no nosso canal no YouTube e assista mais feras do jornalismo e outros bambas. Te espero por lá!

Aqui se fala português.
Comentários (1)
  1. Ana Lucia Nicolau comentou, em 31/12/2010:

    Oi Letícia, ótima matéria! gosto da maneiracomo você escreve!
    bjs e feliz 2011!

    Responder

Escreva um comentário


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 7

Warning: reset() expects parameter 1 to be array, string given in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 60