Trabalhar em casa ou no escritório? Veja a melhor opção para o seu perfil

Criado por Letícia Castro em em 18/08/2014

home office ou escritorio

Por Ana Alice Vercesi

Principalmente nos grandes centros urbanos, em que o deslocamento consome tempo, dinheiro e qualidade de vida de boa parte de seus habitantes, o home office tem surgido como opção cada vez mais frequente. Há quem diga que é impossível trabalhar em casa, com a tentação do sofá, da TV e das distrações de atividades cotidianas. Outros preferem a comodidade de mesclar afazeres pessoais e trabalho e até defendem que são mais produtivos assim.

A importância do assunto tem crescido tanto que foi tema de uma pesquisa realizada da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da USP. A engenheira de computação Yngrid Nicoletti de Azevedo Singh descobriu em seu mestrado que nem todo mundo se adapta ao trabalho em casa, e a adequação de um profissional a esse formato está ligada a diversos fatores de sua personalidade ou de seus valores pessoais.

Home office de sucesso

O estudo revelou que o perfil dos trabalhadores que optam pelo trabalho em casa pode ser delineado por seus valores pessoais, a condição de seu ambiente familiar para a realização do trabalho (se permite, pode ser adaptado, ou não permite o trabalho em casa), sua experiência home office (já trabalhou, trabalha ou nunca trabalhou em casa) e se trabalha em empresa pública ou privada.

A quantidade de dias que o trabalhador prefere trabalhar em casa mostrou-se relacionada também com os valores pessoais, ambiente familiar, experiência anterior nesse formato e sexo do trabalhador. Veja os fatores que contribuem para um home office de sucesso:

1.Realização pessoal: quem tem mais valores ligados à autopromoção, isto é, tem fortes valores que procuram a realização pessoal, são mais simpatizantes ao trabalho domiciliar. Já aqueles que têm mais fortes em si os valores que procuram o bem-estar coletivo tendem a ser menos favoráveis.

2.Adaptação da casa: os trabalhadores que já possuem ou podem adaptar seu ambiente familiar para o trabalho em casa, os que já experimentaram o trabalho em casa e trabalhadores de empresas privadas também se mostraram mais favoráveis a esta modalidade de trabalho.

3.Determinação: quanto maiores os valores de autodeterminação, mais dias se prefere trabalhar em casa. Por outro lado, as pessoas que têm valores de tradição, conservação e segurança maiores desejaram ficar no escritório mais dias. Yngrid explica que “quem possui alto valor de conservação é uma pessoa que está muito atrelada aos princípios da sociedade e, como o trabalho no escritório é mais praticado na nossa sociedade, pessoas com este valor simpatizam menos com o trabalho em casa”. A análise dos gêneros dos pesquisados concluiu que as mulheres preferiram trabalhar 3 ou mais dias em casa, e que os homens optam por até 2 dias em casa.

Comentários (0)
  1. Pingback: BABEL.com » A tela do seu notebook quebrou. E agora?

Escreva um comentário


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 7

Warning: reset() expects parameter 1 to be array, string given in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 60