Relacionamentos saudáveis são meta para a vida toda

Criado por Letícia Castro em em 09/02/2014

bom-relacionamento-amigos-familiaAmizade e compreensão são fundamentais para se manter um bom relacionamento

da Redação*

O bom relacionamento familiar é um dos fatores que mais contribuem para a realização e satisfação na vida pessoal. O valor que a família tem para cada um é quase impossível quantificar, mas com certeza, mesmo para os mais “desligados da família”, faz diferença se ter um bom convívio. Para aqueles com contato próximo e intenso, é a diferença muitas vezes entre celebrar a alegria da união e do amor ou suportar um compromisso familiar obrigatório.

“Vamos lembrar que quanto mais investimos no nosso relacionamento familiar, mais estamos apostando no poder da compreensão, do carinho, da aceitação e, acima de tudo, do perdão. O ano novo é uma data simbólica e recomendo que nesse momento de transição a pessoa leve em consideração zerar as pendências emocionais que têm gerado grandes dificuldades no convívio familiar. Afinal, quem ama, perdoa. E quem pratica o perdão, com certeza terá um ano novo muito mais agradável e proveitoso”, explica o dr. Jô Furlan, treinador comportamental e coordenador do P.E.N.C.A.T. (Programa Especial de Neurociências do Comportamento aplicado a Treinamentos) da Universidade da Inteligência. Furlan é um dos precursores do conceito da medicina comportamental na América do Sul, tendo ministrado aulas da matéria durante oito anos na Universidade Federal de São Paulo (Escola Paulista de Medicina).

Segundo ele, as expectativas são uma das grandes origens da tristeza e do mal-estar da existência de um ser humano. No seio da família, as cobranças são muitas e frustrações as acompanham. Uma das soluções para melhorar o convívio familiar é o diálogo. “Converse com amor, com carinho e respeito, procurando sempre entender e respeitar o outro lado da história. Talvez, a outra pessoa não queira estar em paz e viver bem, mas faça a sua parte, já que você pode escolher ser parte do problema ou da solução. Infelizmente, na família encontramos muitas pessoas que escolhem fazer parte do problema”, lembra Furlan.


Veja mais algumas dicas de como ter um bom relacionamento familiar em 2014:

Seja sem vergonha – Não se sinta tímido em dizer “eu te amo” para quem é importante para você. Lembre-se de que, de regra, a família quer o melhor para você, mesmo que você não concorde. Então, respeite as opiniões, mas siga seu caminho e continue trabalhando para realizar seus sonhos. Daqui a alguns anos alguém estará certo, seja você ou eles, sendo assim, se esforce e se dedique para que seja você.

Pratique o perdão e o autoperdão – Aprenda a perdoar os outros e principalmente a você mesmo. Com isso você verá como a vida fica mais leve, mais alegre e descontraída. Perdoar é um ato de libertação que pode levar sua vida a um novo patamar de bem-estar e felicidade. Como vivemos normalmente em família, essa atitude só trará benefícios em seu convívio familiar.

Amigos também são família – Já dizia o dito popular: “um irmão pode não ser um amigo, mas um verdadeiro amigo será sempre um irmão”. Os amigos são a base e a grande sustentação na vida de uma pessoa. Muitas vezes, em ambientes familiares difíceis, as amizades têm um papel poderoso na manutenção da saúde mental dos seres humanos. Temos uma grande necessidade de conexão e os amigos são peças-chave nessa experiência.

O círculo de amigos com o tempo vai formando uma família e, como toda família, também apresenta algumas dificuldades de relacionamento. E cultivar uma boa a amizade exige dedicação, tempo e amor. Porém, não podemos esquecer de tomar muito cuidado com as expectativas e com a falsa sinceridade.

O dr. Furlan faz um alerta com relação à sinceridade nas relações: “ouço muito isso no convívio no ambiente de trabalho: sou sincero e digo o que tenho que dizer na cara, doa a quem doer. Porém, devemos tomar muito cuidado com isso e escolher o momento e as palavras certas. Talvez o momento não seja adequado, a pessoa já esteja se sentindo muito pressionada. Dizer o que se pensa, independente da situação, não é sinceridade, mas, sim, falta de educação.”


Como favorecer o relacionamento com os amigos:

Aprenda a aceitar as pessoas como elas são: respeite suas crenças e valores que, mesmo diferentes dos seus, com certeza poderão te agregar. “Amigo é aquele que gosta de você apesar de conhecer você”. Isso nos mostra como o perdão está na base desse relacionamento tão importante.

Seja o senhor do seu tempo: Dessa forma você poderá escolher e separar um tempinho pra curtir com os amigos e cultivá-los. Isso com certeza faz a vida ficar intensa e agradável.

Aprenda a eliminar as expectativas também nas relações com os amigos: Seja meigo, irmão, solidário e companheiro. Saiba dar o ombro, ou mesmo “colo” quando necessário, mas também tenha a coragem de dar um empurrão quando perceber que seu amigo está patinando. Seja o amigo que você gostaria de ter.

Lembre-se, você não precisa esperar o ano começar de novo pra fazer essas coisas. Cada dia é uma oportunidade que lhe é dada. Pense nisso.

*Nota: A expressão “da Redação” aparecerá no BABEL.com sempre que indicar a republicação de matéria recebida através de assessoria de imprensa. O texto passará por revisão, antes de ser apresentado aos leitores deste blog.

Comentários (2)
  1. Danilo Gallo comentou, em 09/02/2014:

    A frase “um irmão pode não ser um amigo, mas um verdadeiro amigo será sempre um irmão” é a mais pura verdade. Embora eu tenha irmãos que são realmente meus amigos, tenho amigos que escolhi para serem meus irmãos.
    Aprendi que não se enche uma mão com amigos, é verdade, quando em uma mão aparece o 5º amigo, logo um dedo deixará de representar um deles. Pq amigos vem e vão e poucos ficam. Somente os verdadeiros…
    Dedico essa mensagem a eles.
    Obrigago Babel.com!

    Responder
    • Letícia Castro comentou, em 09/02/2014:

      Aê, Dan! Mandou muito bem na estreia! rs Obrigada a você por um comentário tão bacana! Graças a Deus, temos a sorte de pertencer a um seleto grupo, ponta-firme de amigos! Beijão e boa semana!

      Responder
  2. Pingback: Resumo …vida , amigos, familia ou relacionamentos …. | sermely

Escreva um comentário


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 7

Warning: reset() expects parameter 1 to be array, string given in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 60