O único "meme" do Babel

Criado por Letícia Castro em em 23/04/2008
Queridos leitores, o Edu do Mistureba repassou um MEME para o Babel, que consistia em criar uma história, usando os nomes de alguns blogs aqui da rede. Sem ter a mínima idéia do que eram “memes”, fui pesquisar. Eis que, segundo o blog Techbits, na blogosfera “meme” é “criar um post com uma idéia e fazer com que outras pessoas escrevam sobre esse mesmo assunto”. E o autor do blog segue, dizendo que virou uma “praga”, etc.

Como o Babel nunca tinha passado pela experiência, aqui está o nosso “meme”, sugerido pelo Edu, mas informo que será o primeiro e único, só para participar da brincadeira e peço desculpas aos amigos blogueiros por não ter tempo para seguir o jogo. De qualquer maneira, foi muito legal escrevê-lo e acabou saindo um continho, meio surreal, sobre a história da Arca de Noé. Espero que vocês tenham a paciência de lê-lo (rs).

E, como tem que repassar para alguém, mandamos para a galerinha criativa do The Rock Zoo!

O dia em que a Terra inundou*

Um belo dia, Deus chamou Noé e disse:

- Noé, vem vindo um toró aí e vai ficar tudo inundado. Mas, não se preocupe, você e sua família estarão a salvos. Contudo, você terá que fazer um servicinho antes… Juntará um par de cada animal sobre a Terra, um macho e uma fêmea e vai abrigá-los em um barco que terá que construir com as suas próprias mãos. Sendo um homem de fé, ainda que meio confuso, Noé consentiu em cumprir a ordem. Pensou que seria bom colocar o tal barco em um lugar bem alto e seguro e decidiu começar a construção em cima de uma pedra enorme. Ali, edificaria o seu zoológico sagrado, ao qual daria o nome de “The Rock Zoo”.

Várias pessoas se uniram para ajudar o patriarca. Vieram o marceneiro, o mascate, o pastor de ovelhas, a família, enfim, uma Mistureba de gente que, não demorou muito, começou a dar sua opinião. A situação ficou insuportável. Noé teve que tomar uma posição e disse nessas Ipsis Litteris:

- Parem de falar! Vocês estão Metendo O Bedelho onde não devem! Vai ser exatamente do jeito que o Senhor determinou! E todos se calaram.

Procuraram então começar a reunir os animais. De dois em dois, iam entrando os elefantes, as girafas, os leões, os cavalos, todos em ordem, porém, uma vez dentro da arca, os bichos faziam muito barulho. Era uma zoeira tão grande que parecia uma Torre de Babel! A fim de resolver a situação, Noé pensou que seria uma boa idéia acalmá-los com música. Pegou a Matheus’ Tape, presente de aniversário do seu filho mais velho, e tocou uma seleção dos incomparáveis Juhits. A bicharada aprovou a escolha e logo serenou.

Tudo pronto, só faltava esperar pela chuva. Os dias passaram, passaram e nada. Noé e família já não sabiam o que pensar e algumas pessoas foram perdendo o controle. Ficavam tensas, não comiam, não dormiam, até que sua esposa sugeriu que todos tomassem um remedinho para segurar a onda. E foi calmante pra cá, calmante pra lá, três caixinhas inteiras… aquilo ali virou uma verdadeira Prozac Zone!

Finalmente, veio a chuva e foram 40 dias entre Surtos e Sedativos. Para passar o tempo, conversavam a todo instante. Falavam de tudo, mas principalmente Dos Crimes, Bordados E Vaidades, essas coisas normais do dia-a-dia. Quando a água cessou, mandaram uma pombinha verificar se já era realmente seguro deixar o barco. Depois de algum tempo, a bichinha retornou sequinha, trazendo um galhinho no bico, como prova de que a enchente havia baixado e já podiam sair. Noé abriu a porta gigantesca e todos desceram, felizes da vida e muito gratos pela acolhida do ancião. Era a vida começando de novo e uma nova chance se desvelava no horizonte.


*Homenagem a Raul Seixas.
Comentários (18)
  1. Ivan Junior comentou, em 24/04/2008:

    blog legal, interessante. Recomendo.

    visite

    http://www.ivanjjunior.blogspot.com

    Responder
  2. Tom comentou, em 24/04/2008:

    A história que você criou para o Meme fiou, além de criativa, muito interessante, gostei mesmo!
    Beijos!

    http://www.indicacao.wordpress.com

    Responder
  3. Sara Albuquerque comentou, em 24/04/2008:

    Poxaa… Lisonjeada de ser a primeira a comentar por aqui. Mas mais gratificante ainda é elogiar você pela criatividade e capacidade de associação.

    Parabéns! :D
    Adorei seu Post e seu blog!

    :*

    Responder
  4. Whatyla comentou, em 24/04/2008:

    Vlw pela visita no meu Blog la seu Blog e bastante legal tbm.

    Parabens.

    Deixe um recado no MURAL do meu Blog.
    -http://cbfbrasileirao.blogspot.com/

    vlw

    Responder
  5. Nuno comentou, em 24/04/2008:

    bacana demais o post. Parabéns!

    “Pegou a Matheus’ Tape, presente de aniversário do seu filho mais velho, e tocou uma seleção dos incomparáveis Juhits. A bicharada aprovou a escolha e se logo serenou.”

    como diria o Sr. Sílvio, “muito bem bolado”.

    Responder
  6. LUCAS DE OLIVEIRA comentou, em 24/04/2008:

    cara, sua imaginação é muito boa!

    q texto, hein?

    abçs

    ==================
    Minha Casa: http://www.lucasjdeoliveira.blogspot.com
    Meu Trabalho: http://www.folhadasemana.blogspot.com
    Meu Hobby: http://www.muybizarro.blogspot.com

    Passa nos meus blogs e comente!!!

    Responder
  7. Tumultos da Alline comentou, em 24/04/2008:

    Parabeens pelo texto!!
    muito bacana

    Responder
  8. Sara Albuquerque comentou, em 24/04/2008:

    Fico sem palavras para agradecer o seu comentário! Fiquei muito feliz de os textos terem te atingido (sem querer) de forma tão bonita! :)

    Quanto à profissão, acredito sim em um dia me especializar como escritora. Ainda tem muito a fazer, como você mesma frizou: só tenho 17 anos… Acredito que ainda tenho que aprender muito com esse mundão aí fora, virão mais “metonímias, aliterações, metáforas…”. No momento, estou fazendo Direito e me tornando mais crítica em relação ao que vejo, ao que digo e ao que sinto; aprendendo também a lidar com o público, que apesar de gostar de escrever bastante, tenho um certo ‘medo’ de encarar a platéia ao vivo. Contudo, este ‘caroço’ está sendo modelado aos poucos. ;)

    Fiquei muito lisonjeada com sua visita! Apareça sempre puder!

    Abraços =*

    Responder
  9. Silvia comentou, em 24/04/2008:

    Oi filhota,

    Não sabia que além de tudo tem uma mente tão criativa para inventar essa “historinha modificada” sobre a Arca de Noé. Dei risada só em imaginar a bicharada surtando e tomando PROZAC ZONE. Bem bolado!!.
    Orgulhosa de você!!
    beijocas com saudadessssss…..

    su mamita

    Responder
  10. Zúnica comentou, em 24/04/2008:

    Muito bom! Fico feliz de ter ajudado a acalmar a galera!

    ProzacZone – Servindo bem para servir sempre! :)

    Responder
  11. Euzer Lopes comentou, em 24/04/2008:

    Nossa, nossa, nossa!!!
    Juro que vou ficar um ano mais ou menos tentando criar uma história…

    E sei que ela não chegará aos pés da sua!

    Genial!

    Obrigado pela citação no blog

    Responder
  12. Mistureba Lookal comentou, em 25/04/2008:

    Aeeeeeeeee! rsrsrs
    Ficou bem bacana e seu único meme foi eu quem mandou ahuahau um marco!!

    E pode deixar que lembrei dos selos haahuahuah

    Responder
  13. Mayna comentou, em 02/05/2008:

    Adorei a história!
    FOi bem criativa, esse pra mim é um dos melhores memes.

    http://maynabuco.blogspot.com

    Responder
  14. carla m. comentou, em 03/05/2008:

    Letícia,

    esqueci de comentar outro dia depois de ler.

    tua veia literária é tão fértil quanto a jornalística.

    Responder
  15. Alcione Torres comentou, em 04/05/2008:

    Recebi esse tbm, mas achei muito chato e não fiz!

    Responder
  16. Alcione Torres comentou, em 15/05/2008:

    Odeio esse meme!! rsrs
    Não respondi!

    Sarapatel de Coruja

    Responder
  17. Catarino comentou, em 29/06/2008:

    Você fez uma excelente história, muito criativo o uso dos nomes do blogs e também demonstrou que você conhece muitos e está atenta aos seus conteúdos.
    Parabéns.

    Responder
  18. Dourado comentou, em 29/06/2008:

    ficou boa a história!

    flw

    Responder

Deixe uma resposta para Silvia Cancelar resposta


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 7

Warning: reset() expects parameter 1 to be array, string given in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 60