Los premios Nobel de Literatura de Latinoamérica y muchas injusticias

Criado por Letícia Castro em em 30/04/2008
La Academia Sueca otorga todos los años el Premio Nobel a diversas categorías, entre ellas la de literatura. En Latinoamérica, poquísimos escritores han sido agraciados por el premio a lo largo de los años. La gran mayoría ha dejado de ser observada por la acreditada institución. No se trata simplemente de distribuir un premio, sino del reconocimiento y prestigio que dicho galardón atribuye a los ganadores, más allá de la atención que despierta acerca de la región de dónde vienen.
Cuando se le nombra a Latinoamérica, se habla de por lo menos tres idiomas a ser representados: el español, el portugués y el francés. De los tres, solamente uno, el español, ha sido premiado e, incluso entre los hispanohablantes, nombres de peso, como el del argentino Jorge Luis Borges, jamás se acercaron a un Nobel y no lo harán, visto que la distinción es sólo concedida a los vivientes. Si pensamos en los lusohablantes, peor está la situación. Ningún escritor brasileño, justamente, ningún brasileño ha jamás recibido un Nobel. Ni Machado de Assis, ni Jorge Amado, ni Graciliano Ramos, ni Mário de Andrade y los “nis” son interminables.

Han sido parvos los Nobeles de Latinoamérica e ignorar a toda esa producción literaria es un crimen cultural imperdonable. La Academia es una institución de autoridad e influencia. Recibir un premio suyo es entrar definitivamente en los roles académicos y pasar a existir en el alcance mundial de la obra literaria. Entre nosotros, es notorio el valor de tales talentos, lo que aspiramos es que el mundo también se delicie con su trabajo. Tiene derecho a acceder a la sofisticación y genialidad del escritor latinoamericano y el Nobel debe ser su vitrina por excelencia.

Abajo, los latinoamericanos premiados por el Nobel de Literatura hasta el momento.

De la izquierda a la derecha:
1 – Gabriela Mistral (Chile), por “Desolación”, poesía, 1945.
2 –
Miguel Ángel Asturias (Guatemala), por “El señor presidente”, novela, 1967.
3 -
Pablo Neruda (Chile), por “Canto general”, poesía, 1971.
4 -
Gabriel G. Márquez (Colombia), por “Cien años de soledad”, novela, 1982.
5 - Octavio Paz (México), por “Libertad bajo palabra”, poesía, 1990.

Aquí se habla español

Comentários (29)
  1. Luciano comentou, em 30/04/2008:

    Quando criarem a categoria Blog com certeza esse prêmio já tem destino certo: Babelpontocom!
    Parabéns!
    Gracias por las novedades!

    Responder
  2. Lizzie comentou, em 01/05/2008:

    Sabes que meu livro de cabeceira é justamente “Cem anos de solidão”, do García Márquez? Sou encantada pela escrita dele, pelo tom impactuoso e pela visão de mundo. De Pablo Neruda leio pouco. A forma poética do Neruda não me atrai muito, não.
    Os outros, confesso: desconheço.

    Beijocas
    http://www.lizziepohlmann.com

    Responder
  3. Edu comentou, em 01/05/2008:

    Luis Fernando Verissimo tem que ser o primeiro brasileiro a ganhar!!!

    (tá, eu sei que isso não vai acontecer)

    Responder
  4. Wander Veroni comentou, em 01/05/2008:

    Oi, Letícia!

    Amo espanhol. Escuto alguns cantores como Luiz Miguel, Shakira e Maná q cantam nesse lindo idioma.

    Gosto da sonoridade dele, apesar de não falar fluentemente. Então só posso comentar isso…e não o conteúdo, infelizmente.

    Mas aqui é uma oportunidade para treinar. Quem sabe um dia ainda aprendo, ñ é mesmo!

    bjs,

    =]
    ________________
    http://cafecomnoticias.blogspot.com

    Responder
  5. Wander Veroni comentou, em 01/05/2008:

    Oi, Letícia!

    Amo espanhol. Escuto alguns cantores como Luiz Miguel, Shakira e Maná q cantam nesse lindo idioma.

    Gosto da sonoridade dele, apesar de não falar fluentemente. Então só posso comentar isso…e não o conteúdo, infelizmente.

    Mas aqui é uma oportunidade para treinar. Quem sabe um dia ainda aprendo, ñ é mesmo!

    bjs,

    =]
    ________________
    http://cafecomnoticias.blogspot.com

    Responder
  6. Andre comentou, em 01/05/2008:

    Sem duvida alguma temos escritores excepcionais e merecedores de Nobel!

    Responder
  7. Henriq comentou, em 01/05/2008:

    eita!

    post em espanhol eu ainda nao tinha visto :P

    apesar de ser uma lingua parecida com o portugues, nao entendi algumas palavras ali x.x

    se puder visita:

    http://www.frieiracerebral.blogspot.com

    Responder
  8. Veiga comentou, em 01/05/2008:

    interessante!!

    Responder
  9. Theo comentou, em 02/05/2008:

    No Hablo su idioma

    Responder
  10. Tom comentou, em 02/05/2008:

    Pero no hablo “espanhol”, mas o post está ótimo!
    beijos!

    http://www.indicacao.wordpress.com

    Responder
  11. o'Ricci comentou, em 02/05/2008:

    alguém falou sobre o Verissimo ser o primeiro brasileiro que merece ganhar… não vou dizer que é um escritor ruim, mas, peço seu perdão pela expressão, PUTA QUE PARIU!

    Responder
  12. Nina Ferreira comentou, em 02/05/2008:

    Aii, que maravilha!

    Cem anos de solidão é meu livro preferido.
    Fico bem feliz por ele ter sido premiado.

    ö.ö

    Responder
  13. Fábio C. Martins comentou, em 02/05/2008:

    É, infelizmente o Brasil ainda precisa resolver uns problemas internos pra poder se destacar no mundo a fora.

    Beijos e parabéns pelo Blog!
    Certeza que já está nos favoritos e será incluso no meu blog logo menos.

    Responder
  14. Pk comentou, em 02/05/2008:
  15. Fabiana comentou, em 02/05/2008:

    Oi, gostei do seu blog. Gosto muito de Jornalismo Cultural, amo Literatura, línguas então… Você chegou a ir na virada cultural?

    Responder
  16. Parmitaum comentou, em 02/05/2008:

    Espanhol naum é meu forte… mais acho Nelson Rodrigues um genio e deveria esta nesta lista sem duvida alguma!!!

    =)

    BOTECAST – Blog Premium

    http://botecast.blogspot.com

    Responder
  17. Flavitcho comentou, em 02/05/2008:

    Neruuuda! o/

    Adoro leitura e torço pra o Brasil se destacar um dia, né?!
    =]

    Beijo!

    Responder
  18. Vinícius comentou, em 02/05/2008:

    Heey Leticia
    Gostei do seu blog, tá muito bacana

    Pena que meu espanhol não é láá aquelas coisas, se não eu deixava esse comentário aqui em espanhol também ..

    Hehehe, mais tá 10 !!

    Visite o meu tbm

    http://musculacaoonline.blogspot.com

    Bjs

    Responder
  19. kekedascully comentou, em 02/05/2008:

    Concordo plenamente com o post.É incrível como fazem questão de ignorar a literatura latino-americana. Já passou da hora de um escritor Brasileiro recebesse um nobel. Porém os maiores expoentes dela, infelizmente, já se foram.

    Responder
  20. Vanessa comentou, em 02/05/2008:

    Não se trata só de um pr~emio mesmo. Isso dá ás pessoas um certo reconhecimento. Temos pessoas ótimas aqui no brasil. Muitas delas ainda não descobriram o seu talendo… Literatura não é nada fácil… Bjão da Nessa

    Responder
  21. kristy hellen comentou, em 02/05/2008:

    Vlw!Talvez possa ser a idade mas por enquando sou EU mesma! As vezes levo a serio para não sofrer tanto!! Posso rir um dia como vc disse assim como ja fiz com todo o meu passado mas por enquanto q não chega a hora de eu rir eu vivo isso!!

    parabéns ta lindo aqui!!

    Bjs

    Responder
  22. Mickey comentou, em 02/05/2008:

    bom os premios sao merecidos. t +

    Responder
  23. lorena comentou, em 02/05/2008:

    muito bom um blog, e foi um desafio interessante entender tudo. meu espanhol é pessimo.

    não há como negar que é muito merecido o nobel do neruda e do garcia marquez, mas ainda assim há nomes latino-americanos excelentes.

    eu que sou fã de carteirinha do vargas llosa, não me conformo por nunca ter ganhado um nobel.

    e é uma pena que o premio só contemple os viventes. injustiça eterna com o supremo Machado. devia ter uma categoria especial só para premiá-lo.
    =]

    Responder
  24. Fabiana comentou, em 02/05/2008:

    Oi Letícia! Já está adicionada aos favoritos também. Então, realmente o meu blog é novo, faz tempo que sou da blogosfera, mas exclui o antigo e fiz um novo (é, eu sou mutante). Sobre a virada cultural, não pude ir, fiquei sabendo que lotou e tal. E que teve show dos Mutantes (nem me empolguei porque gosto do trio, a formação antiga haha).
    Jorge Ben também embalou a minha sexta! Chooove chuuuuvaaa!

    Responder
  25. carla m. comentou, em 03/05/2008:

    oi comadre!!!

    nossa, parece que adivinhei o momento mais oportuno de te visitar.
    Amo a América Latina, da qual nós esquecemos que pertencemos. Por mais que seja lamentável do ponto de vista da representatividade, me pergunto se hoje temos algum nome do peso desses Prêmio Nobel… Todos os brasileiros de que me recordo já foram pro outro lado. Drummond, Mário de Andrade, Mário Lago… Será que é um sinal de envelhecimento cultural precoce?!

    De qualquer forma, García Marquez e Neruda mereciam mais de um Nobel.

    Responder
  26. Elton D'Souza comentou, em 05/05/2008:

    Tiene razón, és un crimen imperdonable el olvido de nuestros escritores y suias obras.
    cien años de soledad és uno de mis libros preferidos y tambiem la poesia de neruda.

    y asi como el amigo wander, soy apasionado por la lengua española, su sonoridad és agradable a los ouvidos.

    desculpe qualquer erro, é que nunca fiz um curso, só pela leitura de alguns livros é que vem meu conhecimento da língua

    http://cienanosdesolead.blogspot.com

    Responder
  27. Juan Trasmonte comentou, em 06/05/2008:

    El Nobel es un premio polémico en sí mismo. La mayoría de los candidatos principales pierden y el jurado suele despacharse con autores muy poco conocidos y que, en ocasiones, no sostienen en su trayectoria una calidad digna del premio.
    O Borges, eterno candidato e nunca premiado, detestava Gabriela Mistral, que eu também acho francamente menor e Neruda tem escrito poemas geniais e outros de uma banalidade que enfim… De todos os que já ganharam acho que o incontestável é o Octavio Paz.

    Maravilha teu espanhol, Letícia e a todos que quiserem visitar meu blog sobre arte, beleza forajida e vida estrangeira é só seguir o endereço:
    http://nemvem-quenaotem.blogspot.com/

    Valeu!

    Responder
  28. Tico comentou, em 06/05/2008:

    legal o blog

    Responder
  29. Jorge Alberto comentou, em 08/06/2008:

    Muito interessante este artigo, e percebo que falou-se também, nos recados sobre quem seria o primeiro brasileiro a ganhar o prêmio Nobel. Lembrei, então, que Guimarães Rosa fora indicado em 1967, e morreu neste mesmo ano.

    Por outro lado, se há injustiças quanto aos escritores latino-americanos, eu acredito que há uma grande injustiça em relação à Língua Portuguesa. Até hoje somente Saramago venceu este Prêmio e foi uma grita geral dos angloparlantes, até o New York Times ironizou o fato de uma língua pouco conhecida (a 5a. mais falada do mundo), segundo a ignorância deles é claro, ter um ganhador de Nobel.

    Parabéns pelo post.

    Responder

Deixe uma resposta para o'Ricci Cancelar resposta


    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 7

Warning: reset() expects parameter 1 to be array, string given in /home/babelpontocom/www/wp-content/themes/default/template-pre-footer.php on line 60